18 outubro 2010

A Postagem Que Não É

18 de outubro de 2010

Eu não tenho nada a acrescentar a quem ler a esta postagem.

Ela NÃO É sobre um tema, e nem tem a pretensão de ser. Aliás, este post NÃO É. É fruto da minha abstração e de meu devaneio. Assim como você está perdendo minutos de sua vida lendo o que escrevo, eu perdi minutos de minha vida escrevendo o que você lê. Existe aí uma troca de desfavores.

E o fato dessa postagem NÃO SER a torna semelhante a estas eleições. Assim como Dilma e Serra, esta postagem NÃO VAI legalizar o aborto, NÃO VAI discriminar homossexuais, NÃO VAI censurar a imprensa, NÃO VAI privatizar a Petrobrás... assim como Dilma e Serra, eu estou mais preocupado em lhes dizer o que eu NÃO VOU fazer. É mais fácil.

E você, brasileiro, provavelmente deve ter se contentado com minha postagem. Pois você, brasileiro, ao contrário do que muitos pensam, NÃO É conservador ou moralista.... você, brasileiro, É atrasado.


Votando no que NÃO É estamos, erroneamente, nos isentando da culpa do que DEVERIA SER.

5 Comentários:

Fabii disse...

Oh.. estou me sentindo uma atrasada =/

Muito bom o post, e a ilustraçao é perfeita :)

Sobre seu comentário no meu post, vai a resposta, rs:

Dan: OMG, ta vendo porque não escrevo sobre essas coisas? Todo mundo entende errado! Poxa vida.. rs

As pessoas não precisam estar apaixonadas pra escrever coisas assim.. Ah propósito sr. Danilo, vocês escrevia uns poemas bem bonitinhos.. Será que estava apaixonado? =P

Abraços!

Mari Bernun disse...

Realmente um devaneio seu post Dan... Apesar de sabermos o que DEVERIA SER, tudo permanece no inteligível. Palavras e ideais são distribuídos gratuitamente e a ação acontece algum dia? Relamente... NÃO É!

Anônimo disse...

As eleições presidenciais em 2010 tornaram-se uma briga de vale-tudo. Escãndalo na Casa Civil envolvendo a ex-ministra Erenice Guerra, quebra do sigilo fiscal da filha do candidato José Serra, declarações desastrosas do presidente Lula sobre a democracia e a liberdade de imprensa e agoa a fatídica discussão sobre o aborto. Não que ela deva ser menosprezada, pelo contrário, todo país sério debate esta temática, mas não para decidir o próximo presidente, como ela está sendo centralizada.
As propostas concretas estão submersas em vácuos eleitoreiros e campanhas contra a candidata Dilma Rousseff liderada pela imprensa e por líderes religiosos.
Esta campanha ficará marcada na história pla sucessão de escândalos discussões de um tema, por si só, irrelevante para a escolha do voto. Qual o problema de um canditato A ou b ser a favor do aborto?

Lívia Lunardi disse...

Adorei!
Adorei!

Me fez parar, pensar e refletir.
O não contentamento não deveria ficar parado.
Ele deveria agir.
Tem alguma coisa muito, muito errada com esse país.

Beijooosss! ;)

ToTentandoLer disse...

É Dan, vejo que você não perdeu o dom, muito show seu post. Pena que é de mais de um mês atrás.
Espero que você continue com este blog, você escreve muito bem. Falando nisso, eu criei um também, está bem no início mas se você quiser dar uma olhada, gostaria da sua opinião.
Abraço.
Ah! Aqui é o Tansini....=D